14 de dezembro de 2009

Quisera fosse apenas humor negro...

Em pleno momento em que nosso país envia mais de 700(!) pessoas para a Dinamarca à guisa de discutirem e providenciarem novos rumos e atitudes para a salvação de nosso combalido planeta, eis que me deparo com um cenário pra lá de deprimente a apenas 30 km da cidade de São Paulo, em Cotia, no bairro da Granja Viana: a destruição de nada mais, nada menos, que 300 mil metros quadrados de Mata Atlântica, um crime não só contra o bom senso e a ecologia, mas um crime federal, com severas punições previstas por lei! E para quê? Para a construção de mais um condomínio Alphaville.

A área antes de AlphaVille chegar


Esse empreendimento "conceitual" de moradia, que começou em 1970 e tem o desplante de se intitular "a grife brasileira do urbanismo sustentável", está presente em 40 cidades de 16 estados de nosso país. Se propõe - e olhem só que cinismo - a "entender as peculiaridades de cada região, sempre mantendo o espírito de liberdade e a atmosfera saudável que caracteriza o estilo AlphaVille. Cada empreendimento é projetado sob medida, levando em conta a cultura e os hábitos de cada localidade. Mas todos os AlphaVilles têm em comum o compromisso com a sustentabilidade, com a preservação do meio ambiente e o modelo de ocupação de baixa densidade, próprios do Novo Urbanismo."

Seria de rolar de rir, não fosse de chorar à exaustão. As casas, ou melhor, a arquitetura urbana que caracteriza o Alpha-Horror (esse título foi conferido pelo Ricardo Soares, do blog Todo Prosa ali ao lado linkado, meu cicerone e companheiro de angústia) segue a estética de gosto altamente duvidoso do american way of life, o que não tem absolutamente nada a ver com o Brasil e nossas "culturas e hábitos" (sic): constroem ruas fechadas, praças pavimentadas repletas de palmeirinhas made in Miami (argh!), umas "quase cidades" isoladas das comunidades vizinhas que vendem a ilusão de que o mundo é maravilhoso, de que não existem problemas de nenhuma ordem - e olha a felicidade aí, genteee!!!! Uma coisa tipo "Truman Show", sacam?

A área depois de AlphaVille chegar


Aí, então, volto eu ao primeiro parágrafo: 700 pessoas em nossa "modesta" e proba delegação ecológica lá no outro lado do mundo e, bem debaixo de nossos narizes ardidos de poluição, um crime absurdo é cometido e nada, absolutamente nada acontece!!
Poderia ser apenas piada de mau gosto, pesadelo, eco-chatice delirante, mas não, é de verdade mesmo. Óbviamente a corrupção está comendo solta enquanto que nossa delegação-do-bem-tão-preocupada-com-o-futuro-do-planeta está cagando pro seu quintal, cada vez mais acimentado por Alpha-Villões devoradores de florestas.

Os moradores da região tentam, até agora em vão, fazer alguma coisa e se mobilizam. Abaixo, num video que registrou uma de suas logradas tentativas, podemos ter uma idéia mais próxima do horror ali cometido impunemente. Mais detalhes no blog que criaram e de onde "roubei" as fotos acima: granjaviana.blogspot.com

11 comentários:

pinguim disse...

É realmente uma vergonha!!!!

gentil carioca disse...

E isso é apenas um exemplo, Pinguim. Apenas um exemplo.

E. Campos disse...

Alphaville é sinônimo de uma certa demência urbanística e social. Não dava pra esperar nada diferente. Mas 300 mil metros quadrados são mais de 10 alqueires. Deviam encontrar os responsáveis diretos e destruir as casas deles.

gentil carioca disse...

Destruir as casas e obrigá-los a replantar tudinho com as próprias mãos!!!

J Alexandre Sartorelli disse...

Não creio em quem viaja com seu ideal...

Ricardo Soares disse...

obrigado pela força carioca soninha... e esses elementos alphavilleanos não estão nem aí... a estrategia é só o lucro...kiss

gentil carioca disse...

Alexandre, não entendi seu comentário...
E Ricardo, não agradeça. Continue, antes, com sua luta, mesmo que alhures...Nós é que agradecemos.
bj graaande.

J Alexandre Sartorelli disse...

Gosto da seguinte frase: "Não confio em quem lucra com seu ideal". Supostamente o pessoal que viajou tem um ideal ecológico e está lucrando com isso. Bem, pelo menos recordo-me que Copenhagen é uma cidade muito agradável. No meu caso viajei com meu dinheiro e não com meu ideal.

Inclusive meus ideais (os poucos que tenho) não tem preço ou provavelmente não encontrei
ninguém disposto a fazer uma oferta :o)
bjs

gentil carioca disse...

Ah, agora entendi. E apóio total. Sorry pela demora na compreensão da mensagem...
Devem ser os neurônios exaustos.
bjs

De Niro disse...

Queridíssima Taxi girl carioca, se existe pena de morte justa é para esses caras de pau! Que se afoguem nas suas piscinas cloradas e deixem o pouco de verde que resta em paz.
Fico puto.
Desculpe.
Xêro.

gentil carioca disse...

De, já esperava essa sua reação.
Tudo a ver.
(m)kiss